A barreira da Zona de Conforto

Tempo de leitura: 6 minutos

A barreira da Zona de Conforto

Comportamentos padrões, pensamentos e ações que beiram o comodismo, seja bem vindo ao mundo da zona de conforto.

Você se considera uma pessoa que deixa as coisas pra amanhã?

Entra semana, acaba semana e você tem a sensação que a vida está estagnada.

  • Trabalho
  • Estudo
  • Tarefas do dia a dia
  • Encontro com conhecidos
  • Rotinas e mais rotinas

Hoje olhando para seu modo de viver, algum desses padrões se repetem diariamente a muito tempo?

Você tem a sensação de uma vida de realizações, ou você apenas está vendo os anos passarem?

Se algum de suas resposta foi sim, esse conteúdo pode ser de grande importância para você.

E ao final desta leitura, você vai poder identificar como a Zona de Conforto se manifesta em sua dia a dia.

Muitas vezes desejamos alguma mudança em nossas vidas, desejamos crescer, se tornarmos pessoas melhores…

… mas quando falamos de mudanças, normalmente esbarramos na zona de conforto.

E enfrentar este caminho pode ser algo não muito prazeroso para muitos.

Trabalhar mais?

Começar um novo projeto?

Ter uma vida mais saudável?

Começar algo novo em nossas vidas nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais quando tempos padrões que desenvolvemos ao longo de todo nossas vidas.

E pra que você possa entender melhor, gostaria de contar uma pequena história de um amigo, o Rafael.

Ao longo de toda sua vida, ele sempre brigou com a balança, aquela famosa guerra de idas e vindas de dietas e exercícios.

Sempre era a mesma coisa, começa animado e focado em cuidar de sua saúde.

  • Se alimentava direito
  • Praticava exercícios
  • Bebia bastante água diariamente
  • Seguia a regra sua dieta

E no ínicio ele realmente conseguia conseguir alguns resultados, mas ao passar dos dias o grande problema sempre surgia.

A Barreira da Zona de Conforto!

(Você vai entender o que isso significa em breve)

Um dia de chuva, impedindo de sair fazer exercícios, um convite para um churrasco com os amigos…

As situações eram simples e aconteciam a todo momento, e aos poucos Rafael já estava deixando de fazer todas aquelas coisas que havia se comprometido consigo mesmo.

E por que isso acontecia?

Onde toda aquela determinação em fazer acontecer poderia estar, era algo que ele se perguntava, e acabava sempre esbarrando na mesma situação.

E a sensação de não conseguir progredir e conseguir alcançar a saúde que desejava sempre era algo que continua lhe incomodando.

E sua própria mente acabava lhe dizendo que nunca seria capaz:

Você não é capaz, você não precisa, é tempo perdido. Você não tem condição nenhuma de conseguir o corpo que deseja.

E neste momento seu cérebro começa a lhe enviar sinais:

  • Não pratique exercícios
  • Pode ficar no netflix hoje
  • Aceite aquele convite do churrasco

E tudo isso se repetia inúmeras vezes na vida de Rafael, e agora você vai entender de o porque disso acontecer.

Nossa mente “SEMPRE” nos dá coordenadas para realizarmos coisas onde nosso corpo gaste menos energia, e o principal…

Algo que nos dê prazer, e não para alguma atividade que não nos de algum tipo de satisfação ao realizar.

Afinal é muito mais fácil fazer algo a gente goste, do que alguma atividade que precisemos fazer por simples obrigação.

E é exatamente entre essas duas coisas que encontramos a Barreira da Zona de Conforto.

Mas como sabemos onde estamos?

Para descobrir em qual lado você se encontra, é simples, hoje pensando em todos seus sonhos e objetivos que você deseja em sua vida.

Quando você pensa nessas coisas, qual sentimento você tem?

  • De que você fará de tudo para conquistado
  • Ou sente que não é capaz de conquistá-lo?

Se sua resposta foi a primeira, certamente você está em busca de realizar seus sonhos e objetivos.

Agora se sua resposta foi a segunda alternativa, sinto-lhe informar mas você está na Barreira da Zona de Conforto.

Mas fique tranquilo, qualquer pessoa tem condições de ultrapassar esta barreira e conquistar coisas incríveis em sua vida.

Mas antes preciso lhe perguntar:

Quanto você está disposto a enfrentar suas maiores falhas?

Aceitar que a vida não está como gostaríamos é uma coisa, já enfrentar toda situação para que as mudanças aconteçam é uma situação completamente diferente.

O quanto você está disposto a sacrificar coisas em sua vida para chegar onde quer?

Você já parou pra pensar que alguma atitudes são necessárias?

Para que algumas coisas possam ser conquistadas, você terá que fazer coisas que pode não estar acostumado, muitas vezes irá enfrentar o desconhecido.

Como por exemplo:

Sabe aquele netflix no final de semana?

Aquele churrasco com os amigos?

Muitas vezes vai ser preciso fazer uma escolha, e não existe nada de errado se você quiser dedicar seu tempo em um final de semana para encontrar os amigos e fazer um churrasco.

Porém você não pode reclamar que sua vida está estagnada e você não consegue sair do lugar que se encontra.

Sair da zona de conforto não é algo fácil, vai machucar, vai te incomodar muito. A barreira da Zona de Conforto implica em todos os costumes que você adquiriu em toda sua vida.

Hábitos, comportamentos, atitudes, você tá disposto a encarar tudo isso?

E você pode estar se perguntando agora: qual segurança eu tenho saindo da minha zona de conforto?

NENHUMA, segurança não existe, isso não passa de ilusão.

Nada pode garantir que você vai sair da sua zona de conforto e você vai realizar coisas.

Mas uma coisa você pode ter certeza, ficar parado e vendo a vida apenas passar não te levará a lugar NENHUM.

E pra te ajudar neste caminho, irei compartilhar algumas dicas para lhe encorajar a ultrapassar a Barreira da Zona de Conforto.

  • O primeiro passo é importante

Você nunca descobrirá seu real potencial enquanto estiver na sua Zona de Conforto.

  • Entenda o que você quer pra sua vida

Uma das coisas mais importantes é você buscar entender aquilo que realmente faz sentido em sua vida, e o que você gostaria de realizar.

  • Defina prioridades

Se você tomou a decisão de sair da sua zona de conforto, entenda que você não precisa fazer tudo ao mesmo tempo, mas sim cada coisa em seu momento.

  • Trabalhe seus comportamentos

Comece a monitorar seus hábitos para situações do dia a dia, e veja como você reage em cada momento. O que lhe deixa triste, o que lhe deixa feliz, entenda como sua mente funciona.

  • Esteja no comando da sua vida

Se você não está no controle de sua vida, sinto lhe dizer, mas alguém está fazendo isso pra você. Entenda o que você deseja conquistar em sua vida, e o que é importante para você.

Espero que este artigo possa fazer alguma diferença em sua vida, e não se esqueça:

Aquilo que você deseja conquistar em sua vida está após a barreira da Zona de Conforto.

Grande Abraço!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *